VEM AÍ O BTC 2018!

Em sua quarta edição, o BTC 2018 será realizado entre os dias 22 a 25 de março em Candeias. O tema deste ano é A Arte que ilumina a cidade, uma proposta inspirada no nome do município, que simboliza luz. O Festival, de caráter voluntário, possibilita o intercâmbio de artistas que poderão contribuir com sua Arte e experiência no universo das intervenções urbanas. A Arte que ilumina a Cidade é uma forma de se entender que a cidade é feita pelas pessoas que nela interagem e convivem e que por ela se expressam através de intervenções, dialogando com diferentes comunidades, provocando os sentidos e despertando novos olhares. O BTC é uma realização do Coletivo Vai e Faz (formado por artistas, comunicadores, produtores e estudiosos do tema). Esta edição conta com apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, Edital Setorial de Artes Visuais – Suplentes 2016, da Fundação Cultural do Estado da Bahia, por meio do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia. Mais uma vez, contamos com o importante apoio da Colorgin.

#BTC2018 #Candeias

Confira a lista de artistas selecionados para a 4ª edição do BTC

Confira a lista de artistas selecionados para a 4ª edição do Festival de Graffiti Bahia de Todas as Cores – BTC, realizado pelo Coletivo Vai e Faz. Este ano a equipe de curadoria selecionou 100 artistas entre locais, nacionais e internacionais.  O BTC acontece entre os dias 22 a 25 de março em um município baiano. Em breve, divulgaremos maiores informações em nossos canais de comunicação. Esta edição conta com apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, Edital Setorial de Artes Visuais – Suplentes 2016, da Fundação Cultural do Estado da Bahia, por meio do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

O BTC é um evento voluntário e todos são bem-vindos, sempre.  A ideia é somar!

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

Este ano o BTC contou com mais de 450 inscritos. Artistas de 20 estados brasileiros e de países como México, Chile, Colômbia, Argentina, Uruguai, Bolívia, Holanda e França se inscreveram. O formulário de inscrição foi encerrado às 23h59 desta sexta-feira (19/01). Gostaríamos de agradecer a todo mundo que tem interesse em contribuir com o evento. Agora começa a árdua tarefa da curadoria: escolher 100 artistas para fazer parte oficialmente desta edição. O BTC é um evento voluntário e a seleção nos ajuda a organizar a logística de distribuição de materiais e alojamento. Esta edição conta com apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, Edital Setorial de Artes Visuais – Suplentes 2016, da Fundação Cultural do Estado da Bahia, por meio do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

Todos são bem-vindos no BTC, sempre. A ideia é somar!

Fiquem ligados, a lista dos artistas selecionados será divulgada no dia 22 de janeiro, segunda-feira. Toda equipe segue trabalhando para garantir um evento incrível! Vai ser massa! #BTC2018

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O BTC 2018


Estão abertas as inscrições para a 4ª edição do Festival de Graffiti Bahia de Todas as Cores – BTC. Artistas interessados em participar poderão se inscrever entre os dias 11 e 19 de janeiro, através de formulário online disponível somente aqui em nosso site: CLIQUE AQUI. Nesta edição, a curadoria do evento selecionará 100 (cem) artistas. O resultado da seleção será divulgado no dia 22 de janeiro. Essa é uma iniciativa do Coletivo Vai e Faz, que busca fomentar a produção de Arte Urbana em território baiano. Esta edição conta com apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, Edital Setorial de Artes Visuais – Suplentes 2016, da Fundação Cultural do Estado da Bahia, por meio do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia. O 4º BTC acontece no período de 22 a 25 de março de 2018. Em breve, divulgaremos o município baiano em que o evento ocorrerá.

Canais do BTC:
www.bahiacores.com
facebook.com/bahiadetodasascores

Instagram: @btcgraffitifestival

A Pesquisadora Melissa Santos comenta a 3ª edição do BTC

A proposta do BTC é fazer com que o diálogo vá além dos muros. Melissa Santos, pesquisadora do graffiti soteropolitano comenta sobre o Festival e fala sobre a participação das mulheres na cena. Se ligue:

A criançada também teve vez no BTC

A criançada também teve vez no BTC. Conduzida pelo arte-educador Julio Costa e pelo artista visual Prisk, a oficina de graffiti contou com uma galerinha disposta a deixar sua arte no mundo. Pais e mães também se divertiram pra valer. #BTC #ColoridaCidadeViva